planejamento de marketing

Planejamento de Marketing: como programar orçamento para suas ações

Equipe Huntag

Ter um bom planejamento de marketing é crucial para que suas ações funcionem e cheguem o mais perto possível dos resultados esperados e, ter um orçamento programado para esse setor faz toda a diferença para saber para onde serão direcionados os esforços e investimentos.

É comum que, à medida que o ano vai chegando ao fim, as empresas iniciem seus planos para o próximo ano e o orçamento é um dos primeiros temas a ser discutido, afinal, é ele quem vai guiar todo o planejamento de marketing para o futuro.

Converter o seu plano em números e entender o que é viável ou não para seu negócio é crucial, mas essa é uma dificuldade de muitas organizações. Como você tem olhado para seu orçamento e planejamento de marketing? Reunimos dicas essenciais para que você acerte nesse momento!

 

O orçamento e o planejamento de marketing

O orçamento de marketing é um documento que alinha suas estratégias de divulgação e promoção à realidade do seu momento financeiro. Esse planejamento é o momento de olhar suas estratégias e ações em números.

Fazer orçamentos nunca é fácil e 100% correto, afinal, diversos itens são baseados em previsões. Isso porque não é possível cravar o quanto seus fornecedores irão aumentar nos valores, não dá para prever o valor exato do dólar (caso você utilize ferramentas internacionais que se baseiam em conversões) e diversas outras imprevisibilidades podem ocorrer durante o ciclo.

Isso, porém, não quer dizer que seu negócio não deve olhar para o orçamento e planejamento de marketing, certo? Não existem regras e caminhos corretos para que seu orçamento seja montado, porém, boas práticas são essenciais para que ele seja o mais assertivo possível. Confira algumas delas!

 

Conheça e entenda o momento da sua empresa

É claro que, no cenário ideal, o planejamento de marketing deve ser muito valorizado e receber bons investimentos dos negócios, afinal, é ele quem vai retornar muito para sua empresa e fazer os lucros crescerem.

Porém, é preciso ser realista e entender o seu negócio e momento. Não é porque o concorrente investe x milhões que sua organização precisa fazer o mesmo.

Aqui é hora de olhar para dentro de casa antes de iniciar qualquer planejamento, entender o que está dando certo ou não, quais foram os resultados a partir do último orçamento e como está o crescimento do setor em sua empresa.

Cada empresa tem um momento de marketing, afinal, essa é uma estrutura que conta com diversas estratégias, fluxos, planejamentos e ações. Se você está no começo dessa implementação, por exemplo, não dá para investir em todas as pontas de uma só vez, certo? Portanto, entenda sua empresa, onde ela está e onde se quer chegar.

 

Analise o histórico e crescimento do seu setor

O marketing é um setor que dá retornos para o negócio e é preciso monitorar esse retorno para entender o quanto de fato seu investimento faz sentido. Fazer um planejamento de marketing tem a ver com dados e números para que se possa fazer novas projeções e orçamentos cada vez mais assertivos.

Portanto, analise dados, faça comparações, olhe para o passado, considere as metas de vendas, entenda quanto cada ação retornou e se baseie em realidades e não apenas em achismos ou suposições para esse planejamento.

 

Olhe para seus contratos e parceiros

Cada contrato e serviço tem um período determinado de contrato e suas renovações contam com custos que não são fixos, portanto, é preciso deixar margem em seu orçamento e planejamento de marketing.

Olhe para contratos, entenda em quais épocas do ano ocorrem as renovações, já pense no que faz sentido ou não para seguir em sua estratégia e tenha esse valor previsto, afinal, não se pode falhar com terceiros, correto?

 

Inclua novas ferramentas e tecnologias

Entender o que seu negócio já tem é necessário, assim como é preciso olhar para o futuro e planejar os investimentos e tendências. O marketing pede a todo tempo atualizações, ferramentas e estruturas para que seu negócio siga performando e dando resultados.

Para isso, é crucial olhar para tendências e entender o que faz sentido para seu negócio para que já esteja em seu radar e em seu planejamento financeiro para as futuras implementações.

Quando falamos em ferramentas e tecnologias é interessante olhar para todas as pontas do processo, buscar no mercado, entender com suas pessoas as necessidades e criar soluções dentro da empresa. Selecionamos 2 tecnologias que podem fazer sentido estar em seu orçamento caso seu negócio ainda não tenha!

 

Chatbots e inteligência artificial

Os chatbots são softwares capazes de responder perguntas e respostas pré-programadas em seu sistema e com as atualizações da inteligência artificial eles se tornam cada vez mais sofisticados e capazes de identificar linguagem, intenção, humor, sentimentos positivos ou negativos e deixam a conversa mais humanizada e próxima ao real.

Com ela, as estratégias de marketing ganham em diversos pontos, afinal, essas ferramentas podem ser implementadas em diferentes canais e momentos da jornada do cliente.

 

Digital Asset Management (DAM)

O marketing é um setor que produz muito conteúdo e demanda de muitas necessidades e pedidos de criação, revisão, refação, envios e trocas desses conteúdos, não é mesmo?

Um grande problema enfrentado por muitos times é justamente no gerenciamento desses conteúdos digitais, afinal, sem organização as demandas ficam perdidas em pastas, e-mails, conversas de WhatsApp e o controle sobre o que está sendo feito ou utilizado deixa de ser eficiente.

Com a crescente quantidade de demandas e conteúdos, ou ativos digitais desses times, cresce também a necessidade de gestão e é justamente por isso que o Digital Asset Management (DAM), o Gerenciador de Ativos Digitais tem se tornado uma tendência cada vez mais presente no setor.

Essas são plataformas de armazenamento, organização e gestão de ativos digitais dos negócios. Ou seja, mais do que criar conteúdos e colocar em pastas ou enviar por e-mail, com esse tipo de tecnologia o marketing e a empresa no geral passam a ter visão sobre o que é feito, todos sabem onde e como encontrar suas necessidades e não se perde mais tempo e produtividade por falta de gestão de tais materiais.

Muito mais do que um armazenador de dados, esse é um gerenciador completo de ativos digitais e faz toda a diferença para o planejamento de marketing.

 

Pense nas pessoas

O planejamento de marketing não é apenas sobre olhar para processos e ferramentas, mas é preciso pensar em suas pessoas, afinal, são elas que vão executar suas ações.

Reveja salários e cargos, entenda o quanto se quer crescer com o setor e projete possíveis contratações. Mais do que isso, coloque a educação corporativa e treinamentos no radar, afinal, o aprendizado nesse setor deve ser constante para melhores resultados.

 

Tenha indicadores para acompanhar as definições

Um planejamento de orçamento não é apenas sobre definir quantos reais serão repassados para seu marketing, mas exige também indicadores e cálculos de retorno de investimento para que se justifiquem os valores e se enxergue resultados.

Portanto, ainda nesse plano é preciso saber quais são suas métricas e unir aos seus objetivos, seja aumento de vendas, diminuição de erros, aumento de leads, engajamento, entre outros.

É importante dizer que a meta não deve ser assim tão aberta. Defina números e resultados plausíveis e visíveis para que cada indicador seja realmente percorrido com seus treinamentos ao longo do ano.

Ao observar cada um desses pontos, é preciso calcular e definir investimentos de acordo com as possibilidades de seu negócio para que os treinamentos façam parte da rotina dos colaboradores.

 

Distribua de forma inteligente

Ao definir um orçamento com base em tudo que já foi colocado até aqui, é importante que você distribua sua verba de forma inteligente, procurando os canais e estratégias que funcionam melhor com seu público-alvo.

O planejamento de marketing é amplo e envolve diversas pessoas, canais, ferramentas e ações e é preciso distribuir o que faz sentido para cada uma dessas pontas. Lembre-se que a distribuição também deve ser feita com base em dados do seu próprio negócio e não apenas em suposições.

 

O orçamento e planejamento de marketing é crucial para bons resultados e melhor visualização das ações dos seus ciclos. Como esse tema é tratado em seu negócio? Aproveite que agora sabe mais sobre ele, entenda seu cenário e conheça mais nossas tecnologias para te ajudarmos em seus próximos objetivos!

Siga-nos nas redes sociais! 😉

More great articles

trade marketing

Trade Marketing: por que a gestão de conteúdo é essencial para a estratégia?

Qualquer tipo de negócio exige estratégias, processos e ferramentas e o Trade Marketing é um desses setores em que o…

Read Story
branding

Confira algumas lições de Branding para o seu negócio

Construir a personalidade de uma marca é tão importante como aumentar produtividade dentro das companhias.Uma das grandes dificuldades que as…

Read Story
Trabalho home office com equipes de marketing – O que elas necessitam?

Seu time de marketing tem o que precisa para trabalhar home office?

Seu time de marketing tem o que precisa para trabalhar home office?Para qualquer agência de marketing trabalhar home office são…

Read Story

Fique por dentro!

Novidades e conteúdos sobre Comunicação, Marketing e como podemos te auxiliar. Não enviaremos Spam.

    Arrow-up